domingo, 17 de Maio de 2009

Poema à Professora



.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Ilustração de ????
.
"Conheço-te há três anos
Chamo-te Maria ou Pássaro Azul
e dou-te este poema solitário numa noite de origens e rosas.
O teu cabelo é paisagem verde
os teus olhos são a luz do mundo
o teu rosto é a minha saudade.
A escuridão é abundante dos que sofrem
e como tu
ninguém tem o coração mais dentro do peito
a sofrer a sofrer por nós
que somos teus irmão."
.
Victor Figueiredo, 9 anos in Colectânea de textos infantis por Maria Rosa Colaço

Sem comentários: